Diversas entidades de apoio e solidariedade a Cuba em nove capitais do Brasil realizam nesta semana homenagem ao Movimento Revolucionário  26 de julho, a ação que culminou na revolução cubana. A Associação Cultural José Martí da Baixada Santista faz parte do movimento nacional de solidariedade a Cuba. (Veja no fim do texto onde serão as comemorações pelo Brasil).

Também conhecido como Dia da Rebeldia Cubana, o 26 de julho é uma das datas mais importantes para Cuba e toda América Latina. Em 26 de julho de 1953 Fidel, Raul e outros revolucionários tentaram tomar de assalto o Quartel de Moncada, em Santiago de Cuba. A tentativa foi frustrada e vários combatentes foram capturados e assassinados. Fidel foi preso e condenado a 15 anos de prisão. Como advogado, fez ele próprio sua defesa, que ficou conhecida como 'A história me absolverá'

Em 1955 Fidel e outras combatentes do Quartel de Moncada exilados no México organizam o Movimento Revolucionário 26 de Julho; somam-se a eles outros revolucionários. Entre eles estava Ernesto Che Guevara. A bordo do iate Granma, em 2 de dezembro de 1956, retornam à Cuba clandestinamente  e dão início a luta armada pelas montanhas de Sierra Maestra para a derrubada da ditadura de Fulgência Batista.

revolucao_cubana_fidel.jpg

Em 1º de janeiro de 1959 triunfa a revolução cubana, Fulgêncio Batista foge e os revolucionários liderados por Fidel, Raul, Camilo, Che, Célia Sanchez  tomam o poder e dão início ao governo socialista de Cuba, desenvolvendo fortemente áreas fundamentais com saúde, educação, direitos sociais, cultural, esporte, dentre outras.  

A Associação Cultural José Martí da Baixada Santista faz parte do movimento nacional de solidariedade a Cuba, composto por outras Associações José Martí em diversos Estados, assim como os Comitês, como o Comitê Carioca de Solidariedade e o Movimento Paulista de Solidariedade e outras organizações e movimentos populares.


Veja onde serão as comemorações do 26 de julho pelo Brasil:

Associação Cultural José Martí da Baixada Santista
Sarau José Martí, em homenagem ao 26 de Julho e revolução cubana, com diversas apresentações sempre remetendo a questão cubana e Martí.

Núcleo Carlos Marighella – MST e ACJM-Baixada Santista
Debate- Revolução Cubana: História e impactos nas relações internacionais com José Rodrigues Mao Junior (professor Doutor em História, um dos maiores especialistas em revolução cubana no Brasil),  Marcelo Buzetto (professor Doutor em Ciências Sociais, setor de relações internacionais do MST, Sindicato dos Professores do ABC)  e Gabriela Ortega (militante da Associação Cultural José Martí-BS e do Núcleo Carlos Marighella/MST)
Dia 26/7/2017, Centro de Formação do Sindicato dos Bancários do ABC, Rua Xavier Toledo, 268, Santo André, SP.

Movimento Paulista de Solidariedade a Cuba
Exibição do filme “Habanastation”, seguido de um ato político. Show do grupo musical Mayombe Afro Cubano, às 21h.
Dia 26/7/2017, 19h, no espaço Al Janiah, Rua Rui  Barbosa, 269, São Paulo,SP.

Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba e movimentos populares
Noite da rebeldia cubana, festa em homenagem ao 26 de Julho, com músicas típicas, dança e muita alegria. 
Dia 26/7/2017, Raízes do Brasil (MPA), Rua áurea, nº 30, Santa Teresa, Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Manuel Lisboa
O Centro Cultural Manuel Lisboa celebrará os 64 anos do Assalto ao Quartel de Moncada juntamente com todos os  militantes da solidariedade a Cuba e contra as agressões imperialistas. No ato serão exibidos vídeos, e terá música, poesia e depoimentos.
26/7/2017, 18h30, na Rua Carneiro Vilela, 138, Recife, PE.

Associação Cultural José Martí – Minas Gerais
Exibição do documentário “Venezuela, la oscura causa” de Hermando Calvo Ospina, sobre as verdadeiras razões do ataque imperialista à Pátria de Bolivar. 
Dia 26/7/2017, 19h30, na Casa do Jornalista, Rua Álvares Cabral, 400, Belo Horizonte, MG

Associação Cultural José Martí – Santa Catarina
Dia da rebeldia em memória ao assalto ao Quartel de Moncada. Exibição do documentário Todo Guantánamo é nosso, de Hermando Calvo Ospina, seguido de debate sobre a atualidade cubana e uma homenagem a um “rebelde” local. 
Dia 26/7/2017, 18h30, Instituto Arco-Íris, Travessa Ratcliff, nº 56, Florianópolis, SC

Associação Cultural José Martí do Espírito Santo
Noite da rebeldia. Ato cultural em homenagem ao 26 de julho. Poesia, música, dança, palestra sobre As mulheres e a Revolução Cubana. 
Dia 29/7/2017, 20h na Editora Cousa, Rua Sete nº 415, Vitória, ES

Associação Cultural José Martí Rio de Janeiro
Dia 27/7 - Exibição do filme “26 de julho de 53, assalto ao Quartel de Moncada: O início da Revolução Cunava”
Palestra  “A revolução Cubana”, com o professor Luiz Eduardo Mergulhão Ruas , seguida de debate. 

Associação Cultural José Martí Salvador e Cebrapaz - Bahia
Ato para celebrar o 26 de julho, as 20h no Consulado de Cuba.

Brasília
Brasília realiza uma jornada para celebrar tanto o M-26-7 quanto o aniversário do Fidel. Os eventos começam com uma Exposição de fotos Fidel es Fidel, de Roberto Chile. Exibição do filme Memórias de Subdesarrolo, do cineasta Tomás Gutiérrez Alea, que conta de maneira irônica os dilemas e contradições de um burguês cubano após a Revolução. A Embaixada e diversas entidade amigas de Cuba, durante este período, organizam outras atividades, como palestras e debates sobre Cuba e a revolução cubana.

 

1 Comment